Copyright 2017 - Casa Fiz do Mundo - Paróquia São Salvador de Carregosa

As dificuldades que se sentem em S. Tomé, principalmente a nível de alimentação e educação, são mais do que todos os dedos da nossa mão, que só juntos poderão minorar as carências que assolam principalmente as crianças.

Uma sugestão, hoje pode ser Natal, e porque não?

Apadrinhar uma criança são-tomense é dar-lhe a oportunidade de puder frequentar o infantário ou a escola, dependendo da idade, abrir-lhe um sorriso de canto a canto e possibilitar uma refeição mais nutritiva.

Um milagre acontece sempre entre as coisas pequenas, são precisos apenas 0,33€ por dia (10€ por mês - 120€ anuais), para que aconteça um daqueles milagres de todos os dias, ajudando uma criança a ter material para estudar e algum alimento.

Sempre que haja oportunidade para isso (quando os voluntários da missão “Casa fiz do mundo” deslocam a S. Tomé, por exemplo), os padrinhos podem também enviar uma prenda ao seu afilhado, se assim o desejarem.

 Sendo certo que Portugal não vive tempos de abundância, caso não seja possível uma só pessoa apadrinhar uma criança com 120€ por ano, pode fazê-lo juntando-se a um grupo de amigos, equipa de futebol, trabalhadores de uma empresa ou secção, turma da escola, docentes, de escuteiros, etc.  Assim, todo o grupo será padrinho de uma criança.

Não desejas realizar pequeno milagre, mais um sorriso de esperança a iluminar o nosso mundo?

Contacta-nos...

Formulário de apadrinhamento

f t g